Assessoria de Imprensa

É possível aprender inglês na escola?


Altas mensalidades em colégios particulares não garantem aprendizado do idioma mais falado do mundo. Assim sendo, pais buscam cursos paralelos para prepararem os filhos para o mercado global e a universidade
Cliente: 
Seven Idiomas
É possível aprender inglês na escola?

Com a proximidade dos vestibulares mais concorridos do Brasil, além do ENEM (Ensino Nacional do Ensino Médio), no qual ler, entender e escrever em inglês pode ser considerado um diferencial, muitos colégios particulares preparam uma verdadeira maratona de testes (com todas as disciplinas) para seus alunos se destacarem. Entretanto, por que, então, já que os pais investem tantos recursos para capacitarem seus filhos a aprenderem diversas disciplinas, esses colégios não conseguem transmitir aos alunos o conhecimento para falar, ler e escrever o idioma mais falado do mundo com qualidade?

Para Thelma Bonavigo, gerente da Seven Idiomas em colégios, que atua há mais de 12 anos na gestão especializada de programas de idiomas em colégios particulares, “existem muitas falhas no ensino de inglês dentro dos colégios. Na grande maioria das vezes, as coordenadoras das instituições de ensino não possuem qualificação para avaliar e/ ou contratar um professor de inglês, por não conhecer o idioma”.

Nos colégios que a Seven atua dentro da grade curricular, nota-se que o número de estudantes que cursam paralelamente algum curso de idioma, diminui de 60% para menos de 40% após dois ou três anos processo. “A redução desse índice revela a confiança no atendimento satisfatório dessa necessidade. Sendo assim, não precisam buscar o conhecimento fora da escola. Evitando também que os mesmos tenham que estudar duas vezes, ter despesas com outra instituição e ainda ter o transtorno do transporte para diferentes regiões. Isso otimiza o tempo e o aprendizado dos alunos”, revela Thelma.

A gerente em colégios elenca algumas dicas que podem evitar que os pais matriculem seus filhos em colégios em que não há resultados de aprendizagem de idiomas: professores com conhecimento avaliado na seleção e boa formação, coordenação específica, separação das turmas em níveis homogêneos e metodologia que estimule o envolvimento dos alunos.

Colégio Augusto Laranja aprova 100% dos alunos no exame de Cambridge

Conseguir ser aprovado no tradicional exame de Cambridge nunca foi tarefa fácil para alunos de colégios que além de estudar português, matemática, física e outras matérias têm de estudar inglês. Mas a tese de que em colégio não se aprende inglês de fato já não é mais realidade em algumas instituições.

No último exame de Cambridge aplicado no Colégio Augusto Laranja, 100% dos alunos foram aprovados. Esses números revelam que diante da complexidade de prestar um serviço de qualidade em todas as matérias que são exigidas na grade curricular escolar, os colégios que optam por fazer parceria com escola de idiomas, a qual tem o foco direcionado e estabelece todo o apoio e experiência, conseguem obter resultados mais expressivos, seja em vestibulares ou em exames de avaliação de proficiência em inglês.

Entenda os modelos de trabalho e a metodologia da Seven em Colégios

A parceria entre colégios e escola de idiomas pode ser direcionada de duas maneiras: intracurricular ou extracurricular. De forma que o intracurricular é um modelo em que o colégio inclui dentro da grade curricular o ensino diferenciado, já o extracurricular é um curso optativo oferecido dentro do colégio em horário alternativo ao da grade regular.

A Seven busca tornar o aprendizado eficaz com estratégias didáticas que se direcionam às diversas maneiras de aprender chamadas inteligências: verbal, lógica, musical, interpessoal, espacial, intrapessoal, cenestêsica.

Saiba mais: Thelma Bonavigo é gerente da Seven Idiomas em colégios, rede de franquias com mais de 24 anos de experiência no ensino de inglês e espanhol. A rede, que possui 12 mil alunos e atende com serviços específicos em 15 colégios e mais de 200 empresas, também possui em sua carteira de clientes grandes empresas conveniadas, entre elas: Unilever, Nielsen, LG e Bayer. www.sevenidiomas.com.br

Depoimentos

"Estamos bastante felizes com as ações da Ato Z Comunicação. O trabalho da assessoria de imprensa trouxe resultados interessantes. Em uma matéria desenvolvida...

Augusto Rocha

da Outliers

Notícias

Assessoria de imprensa gera autoridade para profissionais e empresas que desejam ser referência
A autoridade cria uma distinção entre você e o restante do mercado. De quem as pessoas querem comprar?
Saiba Mais
Sua empresa tem planejamento para 2017?
Conteúdo e relacionamento estratégicos podem tornar sua marca referência nacional
Saiba Mais
Cia de Franchising é o novo cliente da Ato.Z Comunicação Inteligente
Assessoria de imprensa nacional e produção de conteúdo
Saiba Mais
45 DIAS FREE. BLACK WEEK: PACOTE DE PRODUÇÃO DE CONTEÚDO PARA UM ANO
A sua marca precisa de conteúdo estratégico?
Saiba Mais
Assessoria de imprensa para atuação nacional Assessoria de imprensa para expansão de redes de franquias
Assessoria de imprensa estratégica para atuação nacional
Saiba Mais

Newsletter

Receba novidades sobre o mercado de comunicação empresarial e sobre a Ato Z Comunicação. Cadastre-se!